Reunião de negócios
20210327_074206.png

|Psicologia

A PSICOLOGIA EXISTE SEM QUE TENHA UM OLHAR AO SOCIAL?

CHEGA DE ABUSO

   Pensado para ser um porto seguro para vítimas de relacionamentos abusivos e violência doméstica, o Chega de Abuso apresenta a possibilidade de sessões de terapia rodas de conversa e em valor acessível para que as mulheres que desejam esta ajuda tenham condições de as encontrar. 

   O projeto, original BRAPSI e idealizado pela psicóloga Rebeca Monteiro, hoje oferta para mulheres e população LGBTQIA+ interessada, 4 sessões de psicoterapia com profissionais que se disponibilizaram ao atendimento destes casos e também oferece uma roda de conversa mensal aos inscritos que realizam um único pagamento social mensal. 

Hey, você é linda e merece se permitir ser amada tal como ama.

Rebeca Monteiro - Brapsi.jpeg

rebeca monteiro

Psicóloga - ​CRP: 05/65167

   Rebeca Monteiro é Psicóloga com Especialização em Relacionamentos Abusivos e Idealizadora do Chega de Abuso. Parceira da BRAPSI em grande parte de nossa trajetória, Rebeca se mostrou a nós como uma excelente profissional, ética e competente, acumulando elogios em palestras, supervisões e atendimentos psicológicos, coordenando hoje a atuação dos demais psicólogos envolvidos no Chega de Abuso.  

- Nicollas Rosa 

CEO da BRAPSI

COMO FUNCIONA

  O Projeto #ChegaDeAbuso oferece atendimento psicológico individual à vítimas que passaram ou estão em relacionamentos abusivos e violência doméstica.  Os atendimento ocorrem semanalmente com custo mensal de R$80,00 e o projeto inclui também lives, rodas de conversa, cursos e eventos em grupo no final de cada mês sem custos adicionais. 

  A inscrição no projeto está limitada à mulheres e população LGBTQIA que passaram por relacionamentos abusivos. Após o preenchimento das informações estaremos oferecendo o melhor serviço possível e individualizado para sermos um divisor de águas na vida de muitas(o).

  

inscrições

     Após o Preenchimento das informações, nossa equipe fará contato para o processo de triagem e mais informações acerca de como funcionam os atendimentos e também tirar dúvidas que tenham ficado. 

      Leia e preencha o formulário com atenção para facilitar o contato quando vier a ser realizado.

"Ele não manda em ti
Não diz aonde deve ir
Você sabe o que pode vestir
Se tudo que faz o incomoda
Mostre a ele o caminho da porta"

- Marília Mendonça e Maiara & Maraisa (adaptado)

Mulher admirando vista